Postagem em destaque

CONHEÇA A CÂMARA EXTERNA DA ORDEM ROSACRUZ, AMORC

Caro Buscador, Seja bem-vindo à Câmara Externa da Antiga e Mística Ordem ROSACRUZ, AMORC! Esta modalidade de aproximação...

domingo, 10 de dezembro de 2017

PORTAL DA CABALA - Mini-aula de Torá - Conexão (10) A ENTREGA



09 A 16/12/2017
Conexão da Semana: A ENTREGA          

A porção da torá desta semana relata um estranho sonho do faraó, quando via sete vacas gordas seguidas de sete vacas magras. As interpretações de seus magos não lhe convenceram, e assim José foi chamado e previu que haveria uma abundancia de sete anos na terra, seguida de uma devastadora seca por igual período. Por isso ele foi nomeado governante.

Existe um código muito significativo presente nesta porção da Torá: Quando José foi chamado para interpretar o sonho, este era um momento impar em sua trajetória. Ele estava preso há muitos anos e se falhasse não teria mais qualquer esperança em sua vida.

Mas José sabia que era apenas um instrumento, à serviço de algo muito maior do que ele, e por isso foi bem sucedido. Tomados por esse espírito procuramos, nesta semana, controlar menos e entregar mais, para que, assim como ele, possamos no tornar instrumentos da Luz.

Shalom! 

Atenção:
1) A seguir a mini-aula da semana, assista sempre em tela cheia:


[]s Ian Mecler.   

                                   
Aguardem: Próxima semana, novo estudo 

Conexão - O PERDÃO 

   




O SANCTUM CELESTIAL


O Sanctum Celestial é um ponto focal no Cósmico onde as mentes de milhares de pessoas podem comungar psiquicamente, embebidas pelas mais sublimes vibrações, bem como receber respostas para seus mais angustiantes problemas, orientação para suas dúvidas, inspiração para sua evolução mística e mesmo cura para sua desarmonia física ou emocional. 

Esfera sublime de energia condensada, saber harmonizar-se com esta verdadeira Catedral da Alma coloca o suplicante em contato coma Mente Infinita do Cósmico, na qual há solução para tudo. O método de elevação a esta dimensão de paz e regeneração é oferecido no Liber 777 e pode ser conhecido por não-rosacruzes. 

No Sanctum Celeste os Mestres da humanidade trabalham, preservam e vigiam, e a Eles podemos nos associar. Paz na Terra, Paz em todos os Mundos, Paz no Universo… a Paz Profunda da Rosa+Cruz!

Solicite grátis - O Liber 777

E-mail: obuscador.divulga@gmail.com



CLASSE DOS ARTESÃOS



QUEM SÃO OS ARTESÃOS 

Artesão é a denominação para alguém que, através de ferramentas que aprendeu a utilizar através do tempo, cria, transforma, melhora, incentiva, exemplifica, entusiasma, anima, auxilia, prontifica-se, acredita. E assim, fratres e sorores, podemos utilizar o contexto acima para situar, dentro da Loja, os membros mais antigos de nossa amada Ordem Rosacruz, AMORC.

 Membros que, após longos anos de estudo e prática dos ensinamentos rosacruzes, estão aptos a usar o avental rosacruz de serviço da maneira mais nobre e altruística possível. Incentivando os membros mais novos a prosseguirem na senda; auxiliando o Organismo Afiliado no que for necessário para que ele, realmente, seja o nosso Lar Espiritual. E, principalmente, acreditando nos valores rosacruzes, em suas práticas e ensinamentos. A atividade da Classe dos Artesãos, que acontece uma vez por mês em nossa Loja, manifesta poderosas vibrações de Luz, Vida e Amor em nosso ambiente, ao nosso redor e expandem-se para onde forem necessárias. 

Conclamo, então, nossos fratres e sorores artesãos a estarem conosco na medida de suas possibilidades. Incentivando, exemplificando, entusiasmando, animando, auxiliando, prontificando- se e acreditando.          

                                                            Sóror Heloisa


As Classes de Artesãos são um espaço criado especialmente para o estudo e a discussão de temas relativos aos estudantes rosacruzes que já atingiram o 12º GT e que já tenham sido iniciados ao 9º GT em um organismo afiliado.

Nelas são tratados temas que estimulam a reflexão, a sedimentação do conhecimento rosacruz e o trabalho em prol de nossa Amada Ordem, de nossos Irmãos da Rosa e da Cruz, e por extensão, de toda a humanidade, tão carente.


O espírito de fraternidade e de integração entre os membros desta Classe é sempre preservado e, acima de tudo, possibilita a todos os participantes uma revisão de conceitos relativos aos nossos ensinamentos, bastante apropriada.

Fonte: Loja R+C São Carlos


Um Artesão deve ser um exemplo de místico prático
 e estará sempre pronto a Servir e Realizar



OS MÍSTICOS TAMBÉM DEVEM ENFRENTAR A VIDA

A vida é um mistério. Viver implica em agir de várias formas, como por exemplo, ser gentil, cordial, cortês, em ajudar ao próximo, estudar, trabalhar, amar etc. Equilibrar a balança da vida, alcançar o meio termo em tudo, é a prática que devemos cultivar e empregar em nossa vida diária. Essa base para relações mais agradáveis e benéficas com os nossos semelhantes, definidamente, promove condições de maior harmonia em nosso interior. Para pensar sobre o assunto, o Blog da AMORC de hoje indica a leitura do artigo “Os Místicos também devem enfrentar a vida”.

ESOTERISMO - R+C



O esoterismo é o conhecimento dado do Mestre para o discípulo, quase sempre oral, isto é: da boca para o ouvido, àquele que tenha sido iniciado. Algo como um círculo interno. Normalmente preserva e respeita a tradição daquele conhecimento e seu conteúdo não está em livros, mas, ao invés de sabedoria livresca, é o resultado de profunda reflexão e experiência, testado pelo Mestre que o confia ao neófito ou ao Adepto adiantado na Senda.

Uma das experiências do místico é viver em união com a Realidade Cósmica, em harmonia com o Absoluto e com toda a Humanidade.

Não és filho da sorte
Nascido por acaso,
Perdido neste Universo imenso.
És filho das estrelas,
Livre como o vento.
Caído nesta Terra,
És um deus vivo.
Se teu Coração está sofrendo,
Não acuses a fatalidade;
Contempla tua alma serena.
Ela vive no mundo da Unidade! 

(Symmysta, de Xavier Cuvelie-Roy, 
apud Hélio de Moraes e Marques).





ÀS ÁRVORES - Victor Hugo


“Árvores da floresta, vós conheceis minha alma!
À mercê dos invejosos, a multidão louva e difama;
Vós me conheceis! Vistes-me tantas vezes,
Só, em vossas profundezas, contemplando e sonhando.
Vós o sabeis, a pedra onde corre um escaravelho,
Uma humilde gota d’água, de flor em flor, tombada,
Uma nuvem, um pássaro, ocupam-me todo um dia.
A contemplação enche-me o coração de amor.
Cem vezes me vistes, no vale obscuro,
Com as palavras que o espírito dita à natureza,
Questionar tudo, sob vossos ramos palpitantes,
E, com o mesmo olhar, perseguir, ao mesmo tempo,
Pensativo, a fronte baixa, os olhos no capim profundo,
O estudo de um átomo e o estudo do mundo.
Atento a vossos ruídos que alguma coisa dizem,
Árvores, vistes-me fugir do homem e buscar Deus!
Folhas que tremem na ponta dos galhos,
Ninhos de onde o vento para longe semeia brancas plumas,
Clareiras, verdes ravinas, desertos sombrosos e doces,
Sabeis que sou calmo e puro como vós.
Como ao céu vossos perfumes, meu culto a Deus se lança,
E sou pleno de esquecimento, como vós, de silêncio!
O ódio, sobre meu nome, espalha em vão seu fel;
Sempre, – atesto-vos, ó bosques amados do céu!
Expulsei longe de mim todo pensamento amargo,
E meu coração continua tal como o fez minha mãe!
Árvores dos grandes bosques que se agitam sem cessar,
Eu vos amo, e a vós, heras no umbral de antros surdos,
Campinas onde se ouvem filtrar as fontes vivas,
Riachos que os pássaros pilham, alegres convivas!
Quando estou entre vós, árvores dos grandes bosques,
Em meio a tudo que me cerca e também me oculta,
Em vossa solidão, onde entro em mim mesmo,
Sinto alguém grandioso que me escuta e que me ama!
Também, sarças sagradas onde Deus em pessoa aparece,
Árvores religiosas, carvalhos, musgos, floresta,
Floresta! É em vossa sombra e em vosso mistério,
É sob vossa folhagem augusta e solitária,
Que desejo abrigar meu sepulcro ignorado,
E que desejo dormir, quando me adormecer.”


VICTOR HUGO (1802-1885)


Fonte: www.facebook.com/AMORCGLP



A SEMANA - DIA DA FAMÍLIA - 8 de dezembro

.

.