Postagem em destaque

CONHEÇA A CÂMARA EXTERNA DA ORDEM ROSACRUZ, AMORC

Caro Buscador, Seja bem-vindo à Câmara Externa da Antiga e Mística Ordem ROSACRUZ, AMORC! Esta modalidade de aproximação...

domingo, 28 de dezembro de 2014

FELIZ ANO NOVO! FELIZ 2015!












O CICLO DE 108 ANOS E "C.R-C" Por H. Spencer Lewis - FRC





A alternância  de ciclos ativos e inativos com 108 anos de duração é um regulamento instituído pela Ordem. O número 108 é por si mesmo significativo para todos os estudantes do ocultismo, porém o motivo que esse novo regulamento foi adotado não é conhecido.

Um ciclo completo de existência, do nascimento ao renascimento, deveria ser de 216 anos. Os primeiros 108 anos desse ciclo deveriam constituir um período de atividade externa, generalizada, enquanto que o segundo período de 108 anos deveria se caracterizar pela atividade silenciosa, secreta, quase assemelhando-se à inatividade total. Na sequência dos 108 anos era com atividades externas, como se nascesse uma nova Ordem da organização, sem qualquer ligação com os ciclos anteriores. 

Seguindo-se um período de adormecimento da Fraternidade, veio a restauração do movimento, na Alemanha, no século 17, com o início de um novo ciclo de 108 anos. Na ocasião, a Ordem  ressurgiu num contexto de reformas religiosas e lutas políticas em toda a Europa, e a Rosacruz foi trazida à luz mediante os Manifestos: “Fama Fraternitatis”, 1614, “Confessio Fraternitatis”, 1615 e “O Casamento Alquímico de Christian Rosenkreutz”, 1616


"C.R-C"

É preciso que se torne evidente, que a descoberta de um "corpo" numa "tumba", ou do corpo de uma pessoa conhecida como C.R-C, na Alemanha,  é alegórica,  não devendo ser compreendida em seu sentido literal. Em primeiro lugar, a palavra "corpo", na língua em que foi primeiramente empregada, simbolizava algo inteiramente diferente do corpo físico de um homem. Em segundo lugar, as iniciais C.R-C não significavam Christian Rosenkreuz, exceto na tradução das palavras que elas representavam, para o alemão. Estas iniciais, significando Christus da Rosa-Cruz, podem ser traduzidas para o latim, o francês e outras línguas, sem qualquer alteração; portanto as iniciais C. R-C, quando usadas pela primeira vez, não se referiam a palavras alemãs nem francesas, e sim, latinas.


Os escritores de histórias misteriosas e fantásticas, que têm procurado apresentar esse episódio de C. R-C, afirmando que estas iniciais se referiam a um indivíduo, ignoram completamente os fatos verdadeiros. É preciso que se compreenda que não havia existido ser humano algum que tivesse sido singular e exclusivamente conhecido como C.R-C, em qualquer ciclo da existência da Ordem. Nossos registros contêm referências a pelo menos doze descobertas de "tumbas" contendo o "corpo" de C. R-C, em diversas regiões, antes do incidente grandemente popularizado que ocorreu em Cassel, Alemanha, no século dezessete. Tem havido incidentes semelhantes, na história da Ordem, desde aquele que ocorreu no século dezessete. ... Os fatos mostram que a Ordem existia em muitos países antes do seu popular renascimento na Alemanha, no século dezessete.

Fonte: Livro Perguntas e Respostas ROSACRUZES
Com a história completa da Ordem
H. Spencer Lewis - FRC



ESTUDO DA CABALA (3ª semana) QUAL O PROPÓSITO DA CABALA E COMO PODE AFETAR MINHA VIDA?


                    semana de 27/12/2014 A 03/01/2015


O Objetivo da cabala é voltar-se para o UM e ser sócio de D-us no processo criativo e em especial seu propósito maior, o que significa  fazer deste mundo uma morada para a Luz Infinita de D-us e sua Essência Absoluta.


Claramente quando UM se dedica a este estudo e sabedoria, dia a dia e hora a hora, refina sua personalidade e seus rasgos de caráter, de momento que UM está se conduzindo para perto de D-us. Como dizem os sábios, "Assim como D-us é misericordioso, tu deves ser misericordioso". D-us tem atributos que se manifestam e revelam a realidade do Homem. 


Toda a cabala é o estudo de D-us, dirigido finalmente para Sua Divindade, como assim também seremos capazes de emanar a D-us em nossas vidas. Torna-se evidente assim, que quanto mais UM estuda cabala na forma correta, se volta, mais e mais para perto dELE e refina seu caráter. Todos seus atributos e características se inspiram em D-us e na Divindade.


Quando uma alma se volta para UM com esta sabedoria e compreensão, transmuta todos seus padrões de vida, desde a consciência da mente até as suas emoções do coração e seu comportamento. 


O estudo da cabala depende da devoção e do desejo sincero do coração do estudante. Este é um pré-requisito: o desejo sincero do coração de aproximar-se de D-us. Também depende de uma revelação que vem do alto.


O  começo da consciência do homem é o desejo sincero de aproximar-se de D-us, e por este mérito com o correr das gerações, se produz um incremento de revelação desde as alturas. A revelação definitiva, que depende de quão sinceramente desejamos estar perto e ser UNO com D-us, é a revelação de Mashiah, a que todos estamos esperando para ser transformados. 


Aguarde próxima semana -

Cabala: A União da Sabedoria e da Profecia

Fonte: O Estudo da Cabala - Maria Diva Ogeda - SRC




PORTAL DA CABALA - Mini-aula de Torá - Conexão (12) Sementes de Luz

 


                                                          27/12/2014 a 03/01/2015

                         Conexão da Semana:  SEMENTES DE LUZ

Esta porção da torá, a última do livro de Gênesis, trata basicamente da morte de Jacob. Como grande patriarca que foi, embora já muito debilitado, Israel (este é seu novo nome) chama a família para definir sua linha sucessória.

Aqui são definidas as "12 tribos de Israel". São codificadas e provavelmente a primeira grande aula de astrologia da humanidade. Falam, acima de tudo, sobre 12 aspectos que o verdadeiro buscador espiritual precisa desenvolver  

Uma das passagens mais interessantes desta porção se dá quando, após a morte do pai, os irmãos de José vão a ele pedir clemência, com medo de serem punidos pelo grande mal que haviam lhe feito muitos anos antes. Ao ouvir aquilo ele chora e diz: “Não temais, acaso estou eu no lugar de Deus?”.

Esta pequena frase é especial, pois não são poucas as vezes em que nos inquietamos com a sensação da falta de justiça em uma situação e nos corroemos por dentro. Perda de tempo, porque, de uma forma ou de outra, a justiça sempre se faz.

Nesta semana nos livramos de julgamentos e culpas e utilizamos esta mesma energia para plantar sementes construtivas. 


Shalom! 


Atenção:  Nesta 3af (30/12) as 20:15 Hs, irei conduzir o último ritual de oração e cura de 2014, quando juntos vamos plantar as sementes de luz para a construção de um 2015 com paz de espírito e realização. Todos convidados, entrada pelo nosso site, senha: adonai. 

A seguir a mini-aula da semana.
[]s Ian Mecler. 

  Aguardem: Próxima semana, novo estudo - Conexão 13  -  A Revelação

    


domingo, 21 de dezembro de 2014

DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA - Indiano Osho


Despertar da Consciência: Você nasce apenas com o necessário para a sua sobrevivência; todo o resto está em você apenas como semente. Se você está intencionalmente interessado em desenvolver sua consciência até seu pico mais alto, isto é da sua conta.
Você terá que desenvolvê-la , terá que trabalhar consigo mesmo. Terá que aprender como ser silencioso, e como ouvir a tranquila e pequena voz interior.


 A Natureza o provê apenas o essencial para a sobrevivência - não de vida, de alegria, de silêncio, de êxtase, de amor.
O amor, você terá que encontrar. A Consciência, você terá que fazer crescer. Você terá que se transformar num jardineiro do seu próprio ser - seu ser é seu jardim.


O seu ser é o Jardim do Édem, do qual a Bíblia fala. Esse Jardim do Édem não está em algum lugar, numa outra estrela - está dentro de você. Você foi expulso dele, e tem andado por todos os lados, mas nunca tem entrado. No momento em que você vai para dentro, você está de volta ao Jardim do Édem. Mas, agora, ninguém tem cuidado desse jardim, por milhares de ano. Você nunca se volta para dentro. Tudo ficou na semente: agora nada floresce, nenhuma folhagem, nenhum verdor... Mas você pode trazer tudo de volta para a vida, porque tudo está potencialmente aí em seu interior. 










ESTUDO DA CABALA (2ª semana) Abraham, O Sepher Yetzirah e o os 32 caminhos de Sabedoria




                                                      semana de 20 a 27/12/2014


Abraham, o primeiro judeu cabalista, dedicou sua vida a viver com D-us. Pelo mérito de sua grande devoção e autosacrifício, D-us lhe revelou profundos segredos da criação, permitindo-lhe experimentar o que ele desejava, estar perto de D-us. A primeira obra que fala da cabalá é o livro Sepher Ietziráh, o livro da Criação, e é atribuído ao Patriarca Abraham. Este texto básico da cabalá explica o 32 Caminhos de Sabedoria, todos eles operativos e funcionais no processo da criação. Os 32 caminhos são compostos por 10 sefiroth, ou esferas, mundo, Luzes Divinas que atuam como canais criativos e conscientes da Criação e as 22 letras do Alfabeto Hebraico. Estes são os blocos básicos chamados recipientes, com os quais se formam todas as combinações e as permutações com os quais D-us criou o mundo com palavras. A Cabalá ensina que essas palavras, permutações e combinações de letras hebraicas são os instrumentos com os quais o processo criativo chega ao término. O princípio de compreensão do processo criativo é descrito no Sepher Ietziráh.


 Abraham legou sua sabedoria a seu filho Isaac, que por sua vez passou a seu filho Jacob, que as legou para as 12 Tribos. Este legado foi de sete gerações a partir de Abraham, por seu mérito e de todos os Patriarcas que decidiram ser UM com D-us e por esses méritos eles receberam a Toráh no Monte Sinai.


.

A Toráh que receberam ela tem duas dimensões:
1. O corpo, composto pelas Leis e a vontade de D-us. Estas Leis expressam o desejo de D-us para com se povo, nosso completo e absoluto bem neste e em todos os outros mundos.



2. A cabalá, a dimensão interior ou a Alma da Toráh é compreensão dos segredos da criação. a cabaláh mesma tem múltiplas dimensões, uma dentro da outra. Existem mistérios secretos, mistérios de mistérios, e muitas dimensões da alma dentro da alma. A alma em si mesma possui cinco níveis, um  incluído no outro.




O corpo da Toráh é a manifestação da vontade de D-us para conosco, e a alma da Toráh é como D-us opera na criação. D-us nos brinda com este conhecimento através de um caminho muito profundo e específico, porque decidiu que sejamos parte e sócios Seus, no processo da criação, através e pelo quanto que realizamos a Sua vontade no mundo. Cumprimos sua vontade  quando executamos os mandamentos da Toráh, enquanto que o espírito e a intenção de praticá-los é para transformar-nos em sócios Seus no contínuo processo de criação, com o que trazemos mais Luz para o mundo. Esta Luz é mais elevada que a Luz que conhecemos, inclusive o mesmo ato da criação, é uma Luz transcendente, infinita e acima da criação, e passou a ser parte de nossa consciência ativa com a entrega da Toráh.



Aguarde próxima semana -

QUAL O PROPÓSITO DA CABALA
E COMO PODE AFETAR MINHA VIDA? 

                                                      Fonte: O Estudo da Cabala - Maria Diva Ogeda - SRC



PORTAL DA CABALA - Mini-aula de Torá - Conexão (11) O Perdão

                                                          20 a 27/12/2014

                         Conexão da Semana:  O Perdão             

A porção da torá desta semana, muito bonita por sinal, fala do re-encontro de José com os irmãos e com o pai, com quem ele não tinha contato há 22 anos. José tinha motivos de sobra para não perdoar os irmãos, que o haviam vendido como escravo. No entanto, ele prefere ver a mesma situação como um presente divino. Afinal, somente após ter passado por tudo que passou que ele pode se tornar governante do Egito e assim acabar salvando a própria família da seca e da fome.
Que possamos nos imbuir do espírito de José, e descobrir a luz por trás da escuridão. Assim poderemos perdoar. Afinal, como poderemos construir uma nova consciência se carregados de ressentimentos?
Nessa semana abre-se uma nova porta. Que possamos aproveitar o momento para desfazer todas as mágoas acumuladas por um passado que não existe mais. A melhor forma de se fazer isso é viver a cada dia mais no presente: Aqui, Agora.


Shalom!!!!


Atenção:  Desejo a todos que acompanham e participam do trabalho do Portal da Cabala um Feliz Chanuka e um Natal com muito amor. 
A mini-aula da semana está a seguirTambém um pequeno vídeo sobre Chanuka.



[]s Ian Mecler. 

  Aguardem: Próxima semana, novo estudo - Conexão 12  -  A Lei do Retorno

    



terça-feira, 16 de dezembro de 2014

FESTA DA LUZ - Rosacruz


A Festa da Luz faz parte do Calendário Anual Permanente de Cerimônias Especiais Rosacruzes. Ritual cuja origem remonta às Escolas de Mistérios da Antiguidade. A Luz sempre foi associada à Divindade; por extensão, ela veio simbolizar o conhecimento e o bem. Daí o fato de o fogo brilhar permanentemente nos Templos. Esse fogo, que por nenhum motivo podia ser extinto,simbolizava o Fogo Divino e a iluminação Divina. 


Atualmente, esse simbolismo encontra-se, sob uma ou outra forma,em todas as religiões do mundo e em todas as tradições místicas. Nossa própria Ordem o perpetua em seus diversos rituais.



Na Convocação mais próxima da mudança da estação, - no Brasil, da Primavera para o Verão - realizada em Lojas, Capítulos e Pronaoi.  Em nossa Regional Vitória da Conquista, será realizada - para os membros - no próximo sábado dia 20/12/2014 às 18 h. 

Após o Ritual, às 20 h desse mesmo dia, será oferecido aos familiares e amigos,  um coquetel na confraternização de encerramento,  com emoção e alegria pelo sucesso de mais um ano de atividades no Capítulo Rosacruz Vitória da Conquista, que estará completando 40 anos no próximo ano  (16/03/1975 - 16/03/2015). 


Capítulo R+C Vitória da Conquista/Ba
Av. Rosacruz Nº 753 - Candeias