Postagem em destaque

CONHEÇA A CÂMARA EXTERNA DA ORDEM ROSACRUZ, AMORC

Caro Buscador, Seja bem-vindo à Câmara Externa da Antiga e Mística Ordem ROSACRUZ, AMORC! Esta modalidade de aproximação...

domingo, 26 de julho de 2015

PORTAL DA CABALA - Mini-aula de Torá - Conexão (45) A Herança


25/07 a 01/08/2015
Conexão da Semana: A Herança        

Assim começa o texto da Torá lido nessa semana:

“E guardarás os seus estatutos e os seus mandamentos, que eu te ordeno hoje, para que seja bem para ti e para teus filhos depois de ti.”  Deuteronômio 4:40

O texto aparentemente fala de uma herança intelectual, que é passada de pai para filho. Mas com a sabedoria da Cabala, podemos decifrar os códigos ocultos no texto.

A herança intelectual e espiritual é o que permite a evolução da humanidade como um todo. Por isso os textos cabalísticos foram passados de mão em mão, por milhares de anos, resistindo a catástrofes naturais, guerras e perseguições. E não é por acaso que a repetição do texto dos dez mandamentos aparece nesta porção da Torá. A energia contida naquele episódio, um espetáculo do mundo espiritual, precisa ser sempre relembrada.

Este legado precisa ser passado para nossos filhos, biológicos ou não. Mais ainda, precisa ser passado de nós para nós mesmos. Sim, porque já recebemos muitas bênçãos em nossas vidas e teimamos em esquecê-las, perdendo assim nossa confiança e nosso propósito. Que nesta semana possamos lembrar destes milagres, em especial o maior deles: a vida que acontece neste exato momento.

Shalom!

Atenção: Na próxima 6af, dia 31/07, teremos um grande shabat da alma gêmea. Todos convidados a participar. Segue a mini-aula da semana.

Mini-Aula: http://www.youtube.com/watch?v=_WNuWtE5mBk

[]s Ian Mecler.

Aguardem: Próxima semana, novo estudo 

Conexão Semanal 46 - O Amor




VOCE SABE COM QUEM ESTÁ FALANDO? - Professor Mário Sérgio Cortella


O Professor Mário Sérgio Cortella nos demonstra com muita proficiência.

“Há 15 bilhões de anos, houve uma grande explosão atômica, que gerou uma aceleração inacreditável de matéria e liberação de energia.

Essa matéria se agregou formando o que nós, humanos, chamamos de estrelas e elas se juntaram, formando o que chamamos de galáxias.

A ciência calcula que existam em nosso universo aproximadamente 200 bilhões de galáxias..


Uma delas é a nossa Via Láctea. Aliás, nem é uma galáxia tão grande: calcula-se que ela tenha cerca de 100 bilhões de estrelas.

Portanto estamos em uma galáxia, que é uma entre 200 bilhões de galáxias, num dos universos possíveis e que vai desaparecer.


 Nessa nossa galáxia, repleta de estrelas, uma delas é o que agora chamam de estrela-anã, o Sol. Em volta dessa estrelinha giram algumas massas planetárias sem luz própria, nove ao todo, talvez oito (pela polêmica classificação em debate). A terceira delas, a partir do Sol, é a Terra. O que é a Terra?

A Terra é um planetinha que gira em torno de uma estrelinha, que é uma entre 100 bilhões de estrelas que compõem uma galáxia, que é uma entre outras 200 bilhões de galáxias num dos universos possíveis e que vai desaparecer. Veja como nós somos importantes.....


Nesse lugarzinho tem uma coisa chamada vida. A ciência calcula que em nosso planeta haja mais de 30 milhões de espécies de vida, mas até agora só classificou por volta de 3 milhões de espécies.


 Uma delas é a nossa: homo sapiens. Que é uma entre 3 milhões de espécies já classificadas, que vive num planetinha, que gira em torno de uma estrelinha, que é uma entre 100 bilhões de estrelas que compõem uma galáxia, que é uma entre outras 200 bilhões de galáxias num dos universos possíveis e que vai desaparecer.


Esta espécie tem aproximadamente 7,331 bilhões de indivíduos. Um deles é você.


Você é um entre 7,331 bilhões de indivíduos, pertencentes a uma única espécie, entre outras 3 milhões de espécies classificadas que vive num planetinha, que gira em torno de uma estrelinha, que é uma entre 100 bilhões de estrelas que compõem uma galáxia, que é uma entre outras 200 bilhões de galáxias num dos universos possíveis e que vai desaparecer.


 É por isso que todas as vezes na vida que alguém me pergunta:

“Você sabe com quem está falando?”

Eu respondo:


“Você tem tempo?”.”


A PRECE - TOM Tradicional Ordem Martinista


Saint-Martin declarava que a prece é a chave fundamental da viagem mística, da verdadeira iniciação. Esta prece que na verdade pode ser traduzida como uma meditação ou uma comunhão silenciosa com o Criador. Pasqualy alimentava a idéia que a prece deveria ser proferida, ou seja, que a prece deveria ser essencialmente vocal, falada ou cantada, já Saint-Martin defendia dois procedimentos diferentes: a prece mental ou silenciosa tem uma força protetora e atrativa com relação ao Bem, enquanto que a prece falada, cantada ou vocalizada acrescenta a essas qualidades o poder de vencer os inimigos ou as diversidades o que, logicamente a torna mais forte e superior.




Saint-Martin explicava: " A prece é o verdadeiro alimento da alma, é quando ela coloca principalmente em ação todas as suas faculdades ; também é dela que ele retira suas maiores forças e toda evidência da luz. O estado da alma na oração é um combate em que ela se despoja de tudo que lhe seja estranho, para se renovar com toda pureza, claridade e sublimidade de sua natureza".



Finalizamos este artigo, com um conselho dado por Saint-Martin a respeito da prece:

"O segredo de nosso progresso consiste na oração, 

o segredo da prece na preparação, 
o segredo da preparação numa conduta pura, 
o segredo de uma conduta pura no temor a Deus, 
o segredo do temor a Deus em seu amor. 
Assim, o amor é o princípio e o centro de todos os segredos”.










QUE TODA PALAVRA - D. Helder Câmara

Que toda Palavra 
N
 Dom Helder Câmara
N
Que toda palavra nasça da ação e da meditação.
Sem ação ou tendência à ação
ela será apenas teoria
que se juntará ao excesso de teoria
que está levando os jovens ao desespero.

Se ela é apenas ação sem meditação
ela acabará no ativismo sem fundamento,
sem conteúdo, sem força...

Presta honras ao Verbo eterno
servindo-te da palavra
de forma a recriar o mundo.






PAI NOSSO DOS TEMPLÁRIOS


SENHOR, perdoa-me se não rezo a oração que teu filho nos ensinou, pois julgo-me indigno de tão bela mensagem. Refleti sobre esta oração e cheguei às seguintes conclusões:

Para dizer o “PAI NOSSO”, antes devo considerar todos os homens, independentemente de sua cor, raça, religião, posição social ou política, como meus irmãos, pois eles também são teus filhos; devo amar e proteger a natureza e os animais, pois se tu és meu pai, também és meu criador, e quem criou a mim, também criou a natureza.



Para dizer “QUE ESTAIS NO CÉU”, devo antes fazer uma profunda análise em minha consciência, procurando lembrar-me de quantas vezes te julguei como um celestial pai, pois, na realidade, sempre vivi me preocupando com coisas materiais.

Para dizer “SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME” devo antes verificar se não cometi sacrilégios ao adorar outros deuses acima de ti.



Para dizer “VENHA NÓS O VOSSO REINO” devo antes examinar minha consciência e procurar saber se não digo isso apenas pôr egoísmo, querendo de ti tudo, sem dar em troca.

Para dizer “SEJA FEITA A VOSSA VONTADE”, devo antes buscar meu verdadeiro Ser e deixar de ser um falso cristão, pois a tua vontade é a união fraternal de todos os seres que criastes.



Para dizer “ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU” devo antes deixar de ser mundano e me livrar dos desenfreados prazeres, das orgias, do orgulho e do egoísmo.



Para dizer “O PÃO NOSSO DE CADA DIA NOS DAÍ HOJE”, devo antes repartir o pão que me destes com os meus irmãos mais carentes e necessitados, pois é dando que se recebe; é amando que se é amado.



Para dizer “PERDOAI AS NOSSAS OFENSAS ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS A QUEM NOS TEM OFENDIDO”, devo antes verificar se alguma vez tornei a estender a minha mão àquele que me fez chorar; pois só assim terei perdoado àquele que me ofendeu.

Para dizer “E NÃO NOS DEIXAI CAIR EM TENTAÇÃO, MAIS LIVRAI-NOS DO MAL”, devo antes deixar limpo o foco de meus pensamentos; e amparar os aleijados, ajudando a construção de um mundo melhor.



E finalmente para dizer “AMÉM” deverei fazer tudo isso agradecendo ao meu criador, cada segundo de minha vida, como a maior dádiva que poderia receber. No entanto Senhor, embora procure assim proceder, ainda não me julgo suficientemente forte, no intuito de tudo isto te prometer e cumprir. Perdoa-me, Senhor meu Pai, porem minha perfeição a tudo ainda não chegou





domingo, 19 de julho de 2015

PORTAL DA CABALA - Mini-aula de Torá - Conexão (44) As Palavras


18 a 27/07/2015
Conexão da Semana: As Palavras        

Esta semana começamos o último dos cinco livros da Torá. Em um momento crucial, em que Moisés prepara sua despedida do povo que guiou por dezenas de anos,  temos uma porção, aliás, um livro inteiro, denominado “Palavras”.

Os cabalistas sabem do poder das palavras. Sabem que a palavra negativa destrói a vida de quem a usa, assim como a palavra construtiva eleva e transforma. Trata-se de um tema fundamental da Cabala: se você dá a devida atenção à sua relação com as palavras, isso, por si só, pode eliminar toda a negatividade de sua vida.

Por isso, nessa semana nos concentramos em trocar a maledicência por palavras de Luz. Cada palavra amorosa levar algo muito bom ao mundo. A conexão da Torá nos pede boas palavras.

Shalom!

Mini-Aula:http://www.youtube.com/watch?v=B59IB9_-jXo

[]s Ian Mecler.

Aguardem: Próxima semana, novo estudo 
Conexão Semanal 45 - A Herança



DIA DA CARIDADE - 19 de julho




O bom samaritano

















SEMANA DE ELEVAÇÃO ESPIRITUAL


Semana de Elevação Espiritual
27 de julho a 01 de agosto de 2015

Vocês já pararam para pensar como a vida atual é barulhenta? Estamos quase o tempo todo cercados por muitos sons nem sempre agradáveis ou salutares. Raras são as oportunidades em que podemos ficar a sós.



Vivendo neste ambiente turbulento, procurar a quietude para momentos de descanso e reflexão torna-se uma necessidade imprescindível para aqueles que buscam uma vida mais serena e harmoniosa.



Os Rosacruzes, desde sua origem, consideram o silêncio uma necessidade humana básica para o desabrochar das potencialidades latentes e para o autoconhecimento, já que só podemos saber quem somos quando olhamos para dentro, para as nossas motivações mais íntimas e, mais do que isto, quando aquietamos nossos pensamentos e ouvimos Deus em nós.



Conhecendo a importância do silêncio no processo do desabrochar espiritual a AMORC mantém a Morada do Silêncio, local onde os Rosacruzes podem desfrutar da paz que os põe em contato com o que há de mais sublime no ser humano.


Parar o ritmo frenético da vida e voltar-se para dentro, descansando da rotina diária e dos compromissos mundanos sob o manto da tranquilidade auxiliará cada um de nós a encontrar a Paz Profunda que buscamos.