Postagem em destaque

CONHEÇA A CÂMARA EXTERNA DA ORDEM ROSACRUZ, AMORC

Caro Buscador, Seja bem-vindo à Câmara Externa da Antiga e Mística Ordem ROSACRUZ, AMORC! Esta modalidade de aproximação...

domingo, 15 de outubro de 2017

PORTAL DA CABALA - Mini-aula de Torá - Conexão (02) A ARCA

14  a 21/10/2015
Conexão da Semana: A ARCA
                 
Chegamos a segunda conexão da Torá, onde encontramos a descrição de um período de aproximadamente mil anos, em que os descendentes de Adam e Havá      (Adão e Eva) se multiplicaram pelo planeta e o mundo acabou tornando-se um lugar dominado pela corrupção e pelo roubo. E assim aparece no texto:

“E disse Deus a Noé: O fim de toda criatura veio perante mim, porque se encheu a terra de roubo por causa deles e eis que farei perecer juntamente com a terra. Faz para ti uma arca.”

O cabalista sabe que o texto da Torá é todo codificado e que está sempre nos ensinando sobre algo atual. Quando fala de um mundo a beira do colapso, fala também de algo que se dá dentro de cada um de nós.

A conexão desta semana, influenciada por esta passagem bíblica, nos ensina a construir uma arca, para atravessarmos as dificuldades que a vida invariavelmente nos apresenta, de forma contemplativa e serena.


Shalom!

Atenção: A prática diária de meditação é a mais poderosa forma de se criar uma arca. 

A seguir a mini-aula de Torá da semana.  


     []s Ian Mecler.                                                                              


     Aguardem: Próxima semana, novo estudo 

Conexão 03 - AMPLIANDO A VISÃO

   

A BUSCA PELO GRAAL E O SALTO DA FÉ - OGG, Ordem dos Guias do Graal


A jornada dos heróis que procuram encontrar o Graal é descrita desde a Antiguidade. As primeiras histórias são as dos Cavaleiros do Rei Artur – os Cavaleiros da Távola Redonda –, nas quais conhecemos personagens marcantes como Lancelot e Percival.


Nos tempos modernos podemos verificar essa mesma busca acontecendo de outras formas com todos os heróis e heroínas, dos quais: Frodo, Alice (do País das Maravilhas), Harry Potter, Luke Skywalker, Percy Jackson etc. Todos estão lutando para encontrar algo importante. Suas jornadas podem ser em busca do anel do poder, das relíquias da morte de Voldemort, do raio de Zeus etc., mas notem que sempre existe algo sobrenatural, com poderes especiais, a ser encontrado. Para Alice, o item a ser encontrado era mais intrigante ainda: ela estava tentando encontrar a si mesma, dentro da toca do coelho, curiosamente.


Um herói muito famoso dos tempos atuais é Indiana Jones. Suas várias aventuras retratadas nos filmes de Steven Spielberg  remontam à jornada do Cavaleiro que também busca algo precioso e que o conecta ao propósito de sua missão pessoal. Em especial, no filme A ÚLTIMA CRUZADA, ele sai justamente procurando o Santo Graal e, para isso, vai seguindo as dicas deixadas por seu pai em uma caderneta de estudos. Na vida também é assim – recebemos ensinamentos de nossos pais, amigos, instituições como a escola ou a própria OGG e isso tudo deve nos dar a Sabedoria necessária para descobrir as trilhas de nosso caminho, bem como nos ajudar a fazer as escolhas certas quando a estrada apresenta bifurcações ou becos sem saída.


No final de sua aventura, já próximo do Graal, Indiana Jones tem que enfrentar 3 provas de honra – como deve fazer todo Cavaleiro para mostrar seu mérito. Gostaria de me aprofundar em uma dessas provas, que foi chamada no filme de “O Salto da Fé”. Jones precisa chegar no Templo onde está a taça sagrada, mas há um abismo tenebroso separando o local em que ele está e a entrada do Templo.  A distância para pular é humanamente impossível. É terrível, pois o herói está tão perto de seu sagrado objetivo e, ao mesmo tempo, tão longe. Ele resgata a caderneta de seu pai e lá está o desenho explicando o que precisa ser feito. Ele diz: “Apenas aquele que tem fé passará.” Indiana Jones vê no desenho o herói passando pelo desfiladeiro e caminhando no invisível, enquanto aqueles sem fé são engolidos pelo buraco que se encontra entre uma ponta e outra da passagem


Há um simbolismo muito interessante nessa passagem. O pensador Søren Kierkegaard, dinamarquês do século 19,  falava do “salto da fé” quando abordava a capacidade do ser humano de se transformar. Para ele, qualquer um de nós pode ser exatamente aquilo que desejar, bastando para tanto ter fé em si mesmo.  Um lado do desfiladeiro, nesta perspectiva, corresponde à pessoa que sou hoje. Já o lado de lá representa a pessoa que quero ser – com mais qualidades, menos fraquezas, mais preparado para a vida e mais desenvolvido espiritualmente. Já a fé que é necessária para passar pelo desfiladeiro e conseguir caminhar no invisível é a fé em nossa própria capacidade de nos autotransformarmos e nos tornamos essa pessoa melhor que tanto almejamos. Para Søren Kierkegaard, todos têm condição de alcançar o desenvolvimento pessoal, desde que sejam capazes de realizar ao longo de suas vidas seus “saltos de fé”.


Em nosso filme INDIANA JONES E A ÚLTIMA CRUZADA, nosso herói coloca a mão no coração, fecha os olhos e coloca o pé direito na direção do vazio.  Quando seu corpo começa a fazer um movimento de queda, ele pisa em algo. Nesse momento percebe que havia sim uma “ponte”, uma espécie de passagem, mas uma ilusão de ótica fazia parecer que nada havia ali além do buraco. Com essa descoberta, ele é capaz de passar pelo desfiladeiro e encontrar o Graal que salvaria a vida de seu pai.



O Graal acaba por ser esse elemento que existe dentro da gente e que é especial, sagrado e precioso. Ele está lá, com certeza – dentro do nosso Templo Interior. Isso faz de cada ser humano alguém extremamente especial e importante. Todos temos nosso valor. Precisamos encontrar esse bem precioso, tendo fé em nosso potencial interior para posteriormente, como um Guia do Graal, colocar esse bem tão raro e valioso para ajudar o mundo e todos os seus seres viventes.

Fonte: www.amorc.org.br




A ESPIRITUALIDADE NAS CRIANÇAS, OGG - A ORDEM R+C JUVENIL




Para que o homem tome consciência da fraternidade humana e de um mundo pacífico, é necessário que esta instrução comece na infância. A criança, tão recentemente chegada do reino espiritual, está naturalmente em contato íntimo com o plano elevado da divindade. È um dever sagrado dos pais proteger esta harmonização, a fim de que, quando a criança entrar em contato com o mundo exterior e passar pelos ajustes necessários à sua vida física, não ocorra uma separação muito grande entre a personalidade-alma, o lado espiritual ou divino de sua natureza, e a personalidade exterior. Se lhe ensinarem bem cedo a compreender e apreciar a lei da harmonia interna, e se a incentivarem a harmonizar-se com o Deus do seu Coração, através da reflexão, da prece e até de atividades físicas, a harmonia espiritual da infância permanecerá nela, e será um canal para sua orientação infalível e correta, por toda a vida. Para que os pais e educadores possam sentir o sagrado que existe em cada criança é necessário que também estejam em sintonia com ideais mais elevados. Um Ser-criança é a vida em plena celebração.

 (Encontro Rosacruz de Pais e Filhos)








MENSAGEM DAS CRIANÇAS -


MENSAGEM DAS CRIANÇAS

Dizes que eu sou o futuro. 
Então não me desampares no presente.
Também dizes que sou a esperança da paz.
Então não me induzas à guerra.


Que eu sou a promessa do bem. 
Então não me confies ao mal.
Dizes também que eu sou a luz dos seus olhos.
Então não me abandones às trevas.


Não desejo tão só a festa do teu carinho.
Suplico-te que me eduques.
Não te rogo apenas brinquedos.
Peço-te bons exemplos e boas palavras.


Sou alguém que te bate à porta em nome de Deus.
Ensina-me o trabalho e a humildade, o devotamento e o perdão.
Orienta-me para o que seja bom e justo.
Corrija-me enquanto é tempo, ainda que eu sofra.


Guia-me para que eu não seja somente um merecedor
de um mundo melhor, mas para que eu seja um
construtor de um mundo melhor

                                   Fonte: blog Capítulo R+C Barra da Tijuca/RJ



DIA DAS CRIANÇAS E DIA DA LEITURA - 12 de outubro













O QUE ESTAMOS FAZENDO
PELAS NOSSAS CRIANÇAS?



DIA DA ORDEM ROSACRUZ JUVENIL - 12 de outubro



DIA DA ORDEM R+C JUVENIL

ORDEM GUIAS DO GRAAL


Na década de 30, do século passado, o Dr. Harvey Spencer Lewis, primeiro 

Imperator para o atual ciclo de atividade da Ordem Rosacruz, auxiliado por 

um grupo de educadores, intelectuais e artistas, criou o Instituto Cultural da 

Criança, primeira grande iniciativa de levar o conhecimento tradicional dos 

rosacruzes para crianças e jovens.




O projeto cresceu e, ao longo dos anos, foi sendo ampliado, transformando-se 

na Ordem Rosacruz da Criança. 

Em 1998, tendo já experimentado um período de expressivo crescimento, foi 

adotada a denominação Ordem Rosacruz Juvenil.



Em Setembro de 2008, Frater Hélio Marques instalado como Grande Mestre,

adotou como uma de suas primeiras iniciativas, promover uma inteira

revitalização da então Ordem Juvenil. Desde então, um grupo de Fratres e

Sorores tem se dedicado ao desenvolvimento do projeto que está  sendo 

implantado no Brasil: a Ordem dos Guias do Graal, a nossa OGG.



O estudo Juvenil está disponível para meninos e meninas a partir dos 6 anos 

de idade. Aos 16 anos, se desejar, o jovem poderá ingressar nos estudos das

 monografias adultas da Ordem Rosacruz - AMORC.

A partir desta base foi definido que a OGG – Ordem dos Guias do Graal deve ser uma verdadeira escola para a vida, tendo como Missão:




Estamos, pois, falando de um trabalho que envolve educação, autonomia, desenvolvimento pessoal e ética.

..

Informações: Marcela Lobo
0**41-3351-3028

Divulgação R+C Jequié
e-mail: obuscador.divulga@gmail.com